Como é realizada a avaliação psiquiátrica?

Avaliação Psiquiátrica

A consulta de avaliação psiquiátrica dá início ao processo de elaboração diagnóstica e adequado planejamento terapêutico para cada paciente. Para tanto, é levado em conta fatores como histórico clínico e mental da pessoa, podendo solicitar exames físico ou neurológico.

Independentemente da razão da procura pela consulta, a avaliação psiquiátrica é importante para estabelecer o quadro psicológico do paciente, ou seja, a capacidade de compreender a realidade à sua volta. Atualmente, a grande maioria das pessoas que realizam o tratamento psiquiátrico, o faz em sessões no consultório, entretanto, a telemedicina psiquiátrica cresce a cada dia, ampliando a rede de atendimento aos pacientes e suas angústias.

Na avaliação psiquiátrica, a princípio é realizada uma entrevista para conhecer o paciente e, caso haja necessidade, pode ser solicitada uma conversa com outras fontes, tais como familiares, profissionais de saúde, assistentes sociais, entre outros. No caso de exames físicos, o mesmo é realizado a cunho de verificar possível existência de doenças orgânicas como tumores cerebrais, doenças da tireoide, ou mesmo confirmar ou excluir a automutilação (ou auto agressividade).

O tratamento ideal e eficaz com o médico psiquiatra demanda consentimento do paciente. Não raro, o tratamento é complementado, de forma alternada, com sessões de terapia e uso de medicamentos controlados.

Em muitos lugares, entretanto, o tratamento pode ser compulsório, onde o paciente passa por internação, adotado sobretudo em caso de doenças mentais que ofereçam riscos à saúde, tanto do paciente quanto dos familiares. Os critérios para as internações variam de país para país.